quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Não te esqueças!

Vai e vem, vai e volta, vai mas fica, vai mas não te esqueças… não te esqueças daqueles que abriram os braços para te aparar quando caíste, não te esqueças quem te abraçou quando o teu coração palpitava de aflição, não te esqueças de quem te fez sorrir quando choravas em silêncio, não te esqueças da mão que te deram quando pensavas estar sozinho, não te esqueças que há quem nunca te deixe só.


Vai! Arrisca! Não tenhas medo! Não olhes para trás! 
Mas por favor olha para o lado, aí verás como não estás só. Não me vês com os olhos? Fecha-os, pois “o essencial é invisível aos olhos”. 
Não me sentes com as mãos? Toca no teu coração, se calhar estou lá. 

Sem comentários:

Enviar um comentário