terça-feira, 29 de outubro de 2013

...meu Senhor!

Meu Senhor, 
Tu que és grande, 
Tu que consegues tudo, dá-me forças Senhor.


Força para que seja feita a Tua vontade, força para conseguir ultrapassar todos os problemas que por alguma razão colocaste no meu caminho. 

Senhor por vezes duvido, duvido se foste Tu que os colocaste, se foi eu, se foi outro alguém. Duvido Senhor, pois muitas vezes não consigo entender qual o motivo de me confrontar com eles. Meu Senhor, duvido também mim, pois tenho medo de não os conseguir ultrapassar e simplesmente passar ao lado.

Parece que por vezes os problemas ainda estão apenas a começar, sei que tenho de aproveitar cada minuto que me dás, pois o tempo é muito curto, mas então Senhor dá-me forças, ou sabedoria para saber como lidar com os problemas. 

Por vezes gostava de gritar ao mundo o quanto me levei por Ti, lembrar-me de cada segundo que passamos, cada segundo que contigo pude falar, pude chorar, pude rir, pude gritar, pude lidar, pude rezar. Gostava de dizer ao mundo como és magnifico, como és carinhoso, como és PAI.

Senhor, também na nossa vida vão passando pessoas que julgamos anjos do céu, enviados por Ti para nos guiar. Por eles rezo, e por eles mantenho-me firme, por eles sei que ainda estás aí, sempre pronto a me abraçar, pronto a me acarinhar, pronto a me ouvir, pronto a me amar
Senhor cuida deles, sei que fazes isso melhor que ninguém, mas peço-Te que olhes para cada um deles, porque mesmo estando longe de alguns deles sei que conTigo posso contar para cuidar bem deles.


Senhor, obrigada por nunca Te afastares de mim, e desculpa por eu me afastar de Ti.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O Constante Diálogo

Há tantos diálogos

Diálogos com o ser amado
o semelhante
o diferente
o indiferente
o oposto
o adversário
o surdo-mudo
o possesso
o irracional
o vegetal
o mineral
o inominado

Diálogo consigo mesmo
com a noite
os astros
os mortos
as ideias
o sonho
o passado
o mais que futuro

Escolhe teu diálogo
e
tua melhor palavra
ou
teu melhor silêncio.
Mesmo no silêncio e com o silêncio
dialogamos.

Carlos Drummond de Andrade, in "Discurso da Primavera"

domingo, 27 de outubro de 2013

Onde estás?

Esta é para ti...
Não tenho muito mas o pouco que tenho é teu, se mais ninguém te ouvir tu sabes quem te ouve sou eu, e quando tiveres triste, com falta de um amigo, fecha os olhos não temas porque eu vou estar aqui contigo.
Eu sei que pensas muitas vezes que queres fugir, eu sei que gritas e não tens ninguém para te acudir. Vida madrasta nada corre como a gente quer, tens que enfrentar o destino para o que der e vier, ao meu alcance faço tudo o que poder para ti, peço desculpas pelos erros, sei que os cometi, não vou julgar-te porque também eu posso ser réu, não vou julgar-te porque tem te julga está no céu.
Quero que saibas que podes contar com o meu amparo, amizade pura é um sentimento cada vez mais raro, conto contigo para fazeres o que faço por ti. E quando nada correr bem eu ESTOU AQUI.

Se precisares de mim eu estou aqui
Quando quiseres falar eu estou aqui
Se te faltar um amigo eu estou aqui
Se precisares de alguém eu estou aqui. 

Tantas as coisas que juntos fizemos tu e eu, custa a crer mas a verdade é que o tempo correu, nem sempre é fácil ás vezes frases magoam, sem deixar mágoas porque amigos são os que perdoam, é quando se vê quem é amigo de quem, no mal e no bem, sentindo desdém rodeado de gente sem nunca ter ninguém, alguém para falar, sempre pronto a escutar, a mão que se estende, a mão que te ajuda a levantar.
Quem te corrige quando tu não sabes o que é certo, quem te dá água quando te perdes nalgum deserto, sempre por perto sempre pronto para chorar ou rir, quem te conhece e sabes quando tu estás a mentir.
Não sou perfeito mas sabes que sou sincero, nunca te esqueças de mim aqui é tudo o que eu quero e espero que nada nem ninguém nos faça separar, conto contigo, comigo podes sempre contar...
EU ESTOU AQUI...

sábado, 26 de outubro de 2013

Vens?

Vem senhor, ensina-me a rezar. Vem Senhor, ensina-me a esperar. Quero ter uma razão para viver, algo para eu acreditar, eu só quero Amar a TI Senhor!!

Então saberei, qual o caminho a seguir encontrarei a razão de existir!

Sei Senhor, que um dia TU verás, este mundo que te pede amor e paz, construir algo que a todos trará alegria e de sentir que esta vida mudará. (…)

SIMPLUS - Vem Senhor


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Para aqui....

Sentada na secretária do meu quarto, olho pela janela e vejo a chuva a cair tão fortemente. Mas sinto-me estranha pois não me sinto tão segura como antes, pois antes sabia tão bem estar em casa no quentinho e ouvir a chuva a cair lá fora, agora o vazio cresce e o frio também e por vezes sinto como se chuva estivesse a cair mesmo aqui no quarto. 
A vida tem destas coisas, sair daquilo que nos é querido, sair de junto daqueles que amamos, daqueles que estiveram sempre connosco, que riram connosco, choraram connosco, aqueles que apanharam chuva connosco ... Já dizia a música "...e a Vida não vai parar..." por isso é que tenho de arranjar forças, arranjar coragem, arranjar alegria para continuar e conseguir ultrapassar tudo com mérito. 
É difícil conseguir ouvir aqueles que amamos apenas por telemóvel, ou ver do outro lado do ecrã, é difícil dizer que amamos e não podermos lhes abraçar nem dar um beijo grande ou simplesmente um carinho. É difícil deixar as nossas rotinas, os nossos passa tempos, os nossos grupos, as nossas coisas e as nossas PESSOAS. 
"...o que tem de ser tem muita força!". Obrigada a todos aqueles que não me deixam mesmo estando longe.