quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Um papel e uma caneta...



Quando pegamos num papel e numa caneta e começamos a escrever tudo que sentimentos por vezes sai coisas que não queríamos que saíssem, coisas que já há muito tempo estavam guardadas, coisas que fazem o coração chorar, coisas que nos fazem pensar, coisas que nos fazem chorar.
Porque razão nos faz bem pegar num papel e numa caneta e escrever? Será que nos faz bem ou será que é uma maneira de percebermos que não há ninguém que possamos falar daquilo que escrevemos. E serrá que aquilo que escrevemos, sente-se com o coração mas escrevesse com a razão?
Será que todas as lágrimas que o coração deita são transmitidas para o papel? Ou será que as lágrimas são demais para transmitir em palavras?
E será que há alguém com que possamos e conseguimos falar com o coração? Ou será que a vida foi mesmo feita só para alguns a conseguirem viver?
E será que vale apena viver?

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Tempo para parar!


É neste tempo, neste pouco tempo, que parou tento descrever os meus sentimentos, ou parte deles.
Mas neste momento há apenas uma palavras que me sai da cabeça e que apesar de pequenina tem um significado enorme:


AMO-TE :3