segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Louvado sejas meu senhor


Louvado sejas meu senhor!
Louvado sejas por tudo, pelo céu, pelas as estrelas, pelo sol, pela lua, pela terra, pelos frutos, prados e flores. Pelo fogo, o vento, o ar e a água pura.
Louvado sejas meu senhor, pela alegria que nos dás em cada momento, pela tristeza que nos faz valorizar a alegria.
Louvado sejas meu Senhor, pelo sorriso de cada irmão, pelo coração sensível e dedicado, pelas mãos que não se cansam de dar.

Louvado sejas meu Senhor, por todos aqueles que não se cansam de trabalhar em teu nome.
Louvado sejas meu Senhor, pelo pai e irmão S. Francisco. Por simplesmente abandonou tudo para apenas seu Teu.
Meu senhor, ajuda-me para que eu consigo ser assim. 

Senhor, é tão bom ser tua, é tão bom conhecer-Te e amar-Te.


Senhor não tenho muito, por isso dou-te tudo aquilo que tenho e sou.

Quero sentir todos os dias, aquele calor no peito, que apenas sinto quando consigo estar Contigo e só Contigo.
Obrigada meu senhor pelo dom da Fé.

Sou feliz, porque sou de Cristo.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Então usa-me Senhor!

Aqui vou eu meu Senhor.
Aqui estou eu...


Senhor não sei para onde vou, não sei com quem vou, nada sei... senhor apenas sei que estou aqui, para que seja feita a tua vontade.

Senhor, apenas nos teus braços encontro a paz que tanto procuro, apenas em ti encontro o amor que tanto esperava. Senhor só em ti encontro o abrigo para um coração perdido ...


Senhor um dia perguntaram-me se eu te escutava, e eu fiquei sem saber o que responder e pensei...

Será que te escuto? Será que te sinto? Será que te vejo?
Sim! Cada dia tenho mais a certeza disso.

Escuto-te nos pássaros a cantar, escuto-te no som do vento e da água, escuto-te numa nota musical, escuto-te na boca dos meus amigos, escuto-te na boca dos outros, escuto-te na Eucaristia, escuto-te no meu coração... pois se o meu coração bate mais forte quando penso em Ti, é sinal que te escuto!


Sinto-te no aconchego da minha cama todas as noites, sinto-te no toque dos outros, sinto-te no vento a bater na minha cara. Senhor sinto-te tanto quando posso estar nos braços da minha mãe, acredito sim que aquilo que sinto nesse momento é um pouco do amor que Tu tens por mim.

Vejo-te no irmão, vejo-te na Eucaristia, vejo-te no sol, na lua, no vento, na água, nas árvores. Vejo-te nos sorrisos, nos abraços, nas lágrimas, no caminhar... Senhor ao olhar para a imagem do Teu filho na cruz, vejo ... e vejo que realmente ninguém nos escuta melhor, ninguém nos conhece melhor e que ninguém tem maior amor por nós do que tu!

Senhor, aqui vou eu!

Não me perguntes, apenas leva-me.

Senhor, eu amo-te 

sexta-feira, 20 de março de 2015

Religião

Senhor, porque é que tantas pessoas não te conhecem, ou se conhecem te tratam mal e te julgam?
Senhor, porque é que tantas vezes o teu nome é chamado em vão?
Senhor, porque é que tantas pessoas não te querem amar?
Senhor, porque é que tantas pessoas recusam acreditar que morreste por nós?
Senhor, porque é que tantas pessoas não acreditam na tua história de amor profundo e sincero?
Senhor, porque é que tantas pessoas acreditam que a Mãe Igreja é apenas uma instituição?
Senhor, porque é que tantas pessoas maltratam aqueles que te seguem?
Senhor, porque é que tantas pessoas acham que és um passa tempo ou uma perda de tempo?
Senhor, porque é que tantas pessoas não acreditam que a Tua e nossa Mãe não é santa?
Senhor, porque é que tantas pessoas não acreditam que Tu falas em nossos corações?
Senhor, porque é que tantas pessoas gozem com quem usa um crucifixo ao pescoço?
Senhor, porque é que tantas pessoas gozam dos mandamentos?
Senhor, porque é que tantas pessoas não respeitam-Te?
Senhor, porque é que tantas pessoas pecam sem remorsos?
Senhor, porque é que tantas pessoas não acreditam que eu posso te amar de todo o coração?
Senhor, porque é que tantas pessoas não acreditam que há pessoas que querem ser apenas Tuas?

Senhor, faz o Teu Santo Espírito descer sobre a Humanidade, para que todos percebam o quanto Tu és bom, o quanto Tu nos amas, o quanto Tu nos fazes feliz.

terça-feira, 17 de março de 2015

Mãe

Mãe, nome a que todos diz muito.
nome que tem um rosto, nome que merece um OBRIGADA
Dizem que ser Mãe é das maiores graças que Deus nos pode dar, mas ter uma mãe que nos guia, uma mãe que nos dá carinho, uma mãe que nunca desiste de nós, uma mãe que nos dá o seu colo, uma mãe que nos abraça, uma mãe que está sempre connosco, pode haver maior graça que esta?
Ter uma mãe que alegra-nos nos momentos tristes, uma mãe que nos dá espaço quando precisamos, e nos agarra com força quando precisamos.

Foi daquele ventre que eu sai, foi aquele peito que me amamentou, foi e é aquela boca que me deu beijinho, foi e é aquelas mãos que me acaricia, foi e é aqueles braços que me abraçam.
Ter uma mãe assim é já conhecer um pouco do céu. Ter uma mãe assim é o maior tesouro.

Uma Mãe amiga,
que educa,
que mima,
que acaricia,

Uma Mãe corajosa,
querida
linda
simpática
sorridente
divertida
preocupada
fofinha
disponível
cuidadosa
bondosa


É Mãe e basta!

domingo, 1 de março de 2015

Eu gostava

Gostava tanto de me tornar amigo de Deus.
Gostava tanto de amar a Deus
de O admirar, de O escutar,
de me colocar diante dele
como ao calor do sol!

Gostava que a Sua Palavra
fosse a alegre notícia anunciada
a cada hora do dia
e em cada canto do mundo!       

Gostava tanto de inventar
Muita felicidade
Como um bolo imenso
a distribuir por todos
para que cada um
o pudesse saborear!

Vós me olhais
com muito amor,
Senhor
Jesus, e me dizeis:

«Gostavas tanto? Então vamos!
Não esperes mais tempo. Ajudar-te-ei.
É tempo de começares a fazê-lo!»

SINGER, Charles ORAR COM o EVANGELHO, Pg. 27


quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Saudade

Ah poderosa saudade que vem de madrugada enquanto todos estão dormindo.

Ah poderosa saudade que sonha de tarde enquanto todos estão trabalhando.

Ah poderosa saudade, noite com sol, estrelas em céu de meio-dia, não gostaria de tê-la, não gostaria de sofrê-la.

Ah poderosa saudade que ora é lembrança de alguém indo embora, ora é pressentimento de alguém voltando.

Ah poderosa saudade, que mistura os sentimentos e não nos dá entendimento.

Ah poderosa saudade, que é suspiro e falta de ar, que é formigamento e pontada no peito.

Ah poderosa saudade, afrodisíaco de um veneno, queda e voo, medo corajoso. Já não sei se espero em silêncio, já não sei se grito em desespero. Já não sei se escuto a voz dela vindo ou se a voz dela nunca saiu de meus ouvidos.

Ah poderosa e enganadora saudade, que converte implicâncias em sortilégios, que transforma falhas em virtudes, que unifica diferenças inconciliáveis de temperamento.

Ah poderosa saudade que se assemelha ao amor, mas pode ser carência.

Ah poderosa saudade que se aproxima da fé, mas pode ser miragem.

Ah poderosa saudade, que pede desculpa e não perdoa, que agrada agredindo, que conforta perturbando.

Ah poderosa saudade, que me tortura recordando alegrias, que me humilha com sua humildade, que me arrebenta com sua suavidade.

Ah poderosa saudade, essa alma de dois num só corpo, esse lençol de solteiro em cama de casal.

Ah poderosa saudade, que só se agiganta com a distância, que só aumenta com a ausência, que é uma indigência dentro de casa.

Ah poderosa saudade, esta reza sem paraíso, este esforço de imaginação para manter a memória.

Ah poderosa saudade, que me leva para longe mesmo quando estou parado, que me faz caminhar sem jamais pisar no chão, é o chão que se move e me carrega na escada rolante das palavras.

Ah poderosa saudade, é o cheiro dela em meu corpo, é o cabelo dela pelas roupas, é a boca dela em meu gosto.

Ah poderosa saudade, indestrutível saudade, que é imunidade e vulnerabilidade, que é transgressão e obediência, que é súplica e consolação.

Ah poderosa saudade, que brinca falando sério, que destrói rindo, que reconstrói chorando.

Ah poderosa saudade, contramão de nossa vontade, que joga lembranças boas quando estamos desistindo, que sopra lembranças ruins quando estamos resistindo.

Ah poderosa saudade, que parece me abençoar e maldizer ao mesmo tempo.

Ah poderosa saudade, violência do frio no quente, choque do quente no frio.

Ah poderosa saudade, tristeza cheia de esperança, alegria já terminando.
Ah poderosa, infernal saudade, impossível de matar, que volta toda vez mais forte quando sou assassinado de novo pelo sorriso dela.