sexta-feira, 7 de maio de 2010

Há momentos...

Hoje, enquanto passeava pelas rua do funchal reparei o quanto o funchal era lindo, o quanto temos sorte de viver numa ilha assim. As árvores tinham flores que por vezes caiam como um carinho a cair sobre terra, os pássaros cantavam de alegria, as pessoas andavam, corriam, conversavam, simplesmente faziam a sua rotina. Quando cheguei junto ao mar, pensei também na beleza que havia fora da ilha, o fundo do mar! Muitas vezes reparamos que tudo é bonito, que tudo tem a sua beleza, que lá no fundo tudo, tudo é bonito. Mas muitas vezes não damos valor aquilo que é mais bonito e importante, o que precisa de ser bonito e importante banalizamos e só damos importância quando percebemos que estamos a perder essa coisa MUITO bonita e MUITO importante. Por isso hoje enquanto passeava, pensei que tudo aquilo que por vezes penso que é um obrigação, ou um dever tenho de perceber que é importante e tentar encontrar a beleza e a importância. Já alguém dizia "Só damos valor aquilo que gostamos quando a perdemos" e agora eu acrescento "...e quando estamos quase a perder". Ensinaram-me também que a vida não é fácil, por isso é que temos de lutar por aquilo que realmente queremos e nunca deixar que desapareça nem a coragem nem o amor. Estamos na Terra não para fazer uma passagem mas para trabalhar, para ser Feliz, para tentar mudar o mundo, porque todos nós somos capazes de mudar o mundo! Se TU fazes o bem, e apoias alguém para fazer o mesmo, e assim sucessivamente muita gente fará o bem, por tua causa.
.

Há momentos que achamos tudo muito bonito, menos o mais importante!

Sem comentários:

Enviar um comentário