quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Olho...

Olho para trás e recordo-me de todos os momentos que passamos, de todos os sorrisos que dê-mos, de todos os carinhos que trocamos, de todos os passeios que dê-mos, de todas as palavras que faziam melodia nos meus ouvidos, de todos aqueles olhares, de todos aqueles beijos.
Recordo-me de como me sentia protegida, como me sentia amada, de como me sentia FELIZ.
Olho e recordo-me como eras o meu sonho, que se tornou realidade, recordo-me daquelas palavras de amor eterno, dos objetivos simbólicos, das palavras importantes.
Parece que foi ontem, que olhei para ti e percebi que era contigo que queria ficar, parece que foi ontem que andava contigo pelas ruas de mãos dadas e com um sorriso nos lábios.
 
Olho para a frente e ... ?
Onde estás?
 
Olho para o lado e ...?
Onde estás?
 
Olho para mim, e encontro-te!
Em mim estás, apesar de quando fecho os olhos a lágrima cair, apesar de quando fecho os olhos só querer que o tempo volte para trás, apesar de quando fecho os olhos as saudades magoam.
Os meus braços sentem a falta dos teus abraços, as minhas mão sentem a falta das tuas, o meu corpo sente falta de teu, a minha cara sente falta dos teus carinhos, dos teus beijos, os meus olhos sentem falta de te ver bem perto, os meus ouvidos sentem falta das tuas palavras, a minha boca sente falta dos teus lábios e o meu coração sente falta do teu amor.

2 comentários: